Pastorais: Ação Social (Projeto Pão Nosso)

A Ação Social tem como finalidade concretizar em ações sociais o cuidado da Igreja diante de situações reais de marginalização. Procura integrar em suas atividades a fé e o compromisso social, a oração e a ação, a religião e a prática do dia a dia, a ética e a política. A partir da sensibilização e mobilização, a Pastoral Social preocupa-se  com as questões relacionadas à saúde, à habitação, ao trabalho, à educação,  dos mais necessitados a fim de propiciar a todos uma melhora da qualidade de vida.


INFORMAÇÕES

O Projeto Pão Nosso cuida dos irmãos em situação de rua. Com o serviço do ônibus entregamos toda quarta-feira, à noite, alimentos, cobertores e roupas.​

A Casa Santa Terezinha é um abrigo de acolhida ao morador em situação de rua. Oferecemos almoço, atividades lúdicas e artísticas e encaminhamentos para tratamento de dependência química e outras oportunidades.

Coordenador do ônibus: Murilo

Coordenador da Casa Santa Terezinha: Izilda

Observações

As doações poderão ser entregues na secretaria paroquial.

Para ser voluntário no Projeto é só procurar os responsáveis e combinar onde trabalhar e apoiar.


Projeto Pão Nosso - ônibus

Normas para o trabalho com os moradores em situação de rua

Antes da saída do ônibus

Verificar os objetos que irão para o ônibus. O coordenador do ônibus fará a organização e /ou poderá elencar outra pessoa.

O novovoluntário deverá ser apresentado para o grupo e receber as normas do voluntário no ônibus.

Oração. A oração deverá ser o Pai Nosso. Todos deverão dar as mãos.

O itinerário do ônibus – fazer um comentário com todos, caso aconteça mudança.

Os voluntários veteranos acolhem com alegria os novatos.

Não levar objetos de valor. Levar somente a identidade

O voluntário avisar com antecedência ao coordenador a sua ausência no dia do projeto ( Ônibus).


2) No ônibus

Tomar cuidado quando o ônibus estiver em movimento. Não mexer com os alimentos e outros afazeres. Zelar pela segurança dos passageiros.

Não comer os alimentos doados. Eles são dos moradores em situação de rua. Quando sobrar e, com o consentimento do coordenador, poderá comer.

O voluntário não poderá levar para casa alimentos e roupas; Ninguém está autorizado, nem o coordenador.

O voluntário sempre deve respeitar o outro colega. Evitar conversas desagradáveis e impróprias para o ambiente de trabalho;

Permanecer no posto colocado pelo coordenador do ônibus, facilitando o trabalho.

3) No trabalho com o morador em situação de rua

Não juntar muitos voluntários em cima do morador.

Tomar cuidado com o que fala com ele.

Nunca prometer nada. Somente podemos oferecer o alimento doado.

Nunca fazer acepção de pessoas;

O alimento doado é para os moradores em situação de rua. Não poderá ser doado para outras pessoas com melhores condições. O nosso projeto é para estes irmãos. Existem outros projetos que fazem doações.

Não estamos ligados a nenhum político. Caso queira ajudar, vamos usar a palavra bíblica: "o que a mão direita faz, a esquerda não fique sabendo". Nunca fazer politicagem com o nosso projeto. Não tirar fotos para depois divulgar em site.

Perguntar ao morador se quer uma oração. Fazê-la com fé e convidando outras pessoas para o mesmo;

As roupas são para doar. Nunca poderá acontecer: dar para alguns “moradores protegidos” e outros não receber.

Na saída do ônibus organizar quem vai descer, servir e permanecer na vigilância.

Observações:

1) As opiniões deverão ser dadas nas reuniões do grupo. Não é bom dentro do ônibus. Primeiro, que pode surgir divergência e discussão. Nas reuniões é que as nossas ideias poderão entrar em prática. Imagina! Todos os dias têm voluntários novos e mudar tudo,  toda hora, não dá.

2) Teremos uma reunião por mês. Sempre na quarta-feira, antes da saída do ônibus.

3) Conviver é uma arte. Dentro do ônibus não poderá ter discussão, por isso existe a reunião. Temos que levar a paz, a compreensão, diálogo, escuta e amor. O respeito em primeiro lugar.

 Guardar as observações para o lugar adequado. Dentro do ônibus é lugar de trabalho.

Todos são voluntários, estamos realizando um trabalho para Deus e para os irmãos mais necessitados.



0 visualização

© 2019 • pascom - Paróquia são gonçalo - Arquidiocese de BH

SIGA-NOS: